1º Simpósio dos Profissionais de Turismo Religioso

Aconteceu no último dia 18 de novembro, durante o 28º CIHAT – Congresso Internacional de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo, o 1º Simpósio de Profissionais de Turismo Religioso. Coordenado por Alfredo Gimenez, Diretor técnico de Turismo Religioso da CNTur, o simpósio reuniu empresários e líderes do Turismo Religioso para discutirem os principais itens para o desenvolvimento do segmento.

O encontro visou fortalecer a base receptiva e emissiva para esse segmento, através de uma discussão aberta e da troca de experiências, contribuindo com a integração dos profissionais do setor, sobre a prática do turismo religioso, gerando a consciência de que o turismo religioso não deve ser visto apenas como um fator gerador de renda, e sim de estar atentos que existe algo muito mais profundo para esse público específico na sua procura e que esses diferenciais precisam melhor ser compreendidos pelos que já atuam ou desejam atuar nesse mercado.

Dentro das chamadas modalidades do turismo, o turismo religioso tem se destacado cada vez mais. O fortalecimento do turismo religioso é um movimento extremamente positivo uma vez que estimula a inserção no mercado de viagens de um público que tem interesse específico. De acordo com os dados do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério de Turismo, cerca de 17, 7 milhões de brasileiros viajaram pelo país atraídos pela fé em 2014. É uma segmentação que tem como motivação central a fé, e está fundamentado na diversidade. A conotação diferenciada de religiosidade deve ocorrer pela consciência de exploração do turismo, dentro de uma visão de sustentabilidade, e não do turista.

Para Alfredo um dos aspectos centrais do segmento do Turismo Religioso é a capacitação profissional para as pessoas que trabalham na área. “O trabalho feito em conjunto e parceria é o melhor caminho”, finalizou o dirigente

Pin it