Por unanimidade, presidentes das Federações filiadas à CNTur consideram Alexandre Sampaio “persona non grata” da entidade

O Conselho Superior, representado pelas Federações fundadoras da CNTur, reunido extraordinariamente no último dia 16 do corrente, considerou o Sr. Alexandre Sampaio “PERSONA NON GRATA” da entidade, ato esse que foi homologado nesta data, 25 de maio do corrente, pela unanimidade do Conselho de Representantes da CNTur

 

No momento em que os Tribunais Superiores do país definem através de Acórdão unânime da 2ª Turma do S.T.F. – Supremo Tribunal Federal que o desmembramento da atividade específica do Turismo da atividade Eclética do Comércio é LEGÍTIMO, e que a CNTur – Confederação Nacional do Turismo, coordena entidades filiadas e também representa todo o Turismo em nível Nacional, lamentamos vir a público para comunicar às Entidades Sindicais do Turismo, nos termos dos estatutos da CNTur: Hotéis, Meios de Hospedagem, Restaurantes Comerciais e Coletivos, Agentes e Operadores de Viagens, Parques Temáticos, Organizadores de Eventos e demais segmentos do turismo, que:

 

O Conselho Superior, representado pelas Federações fundadoras da CNTur, reunido extraordinariamente no último dia 16 do corrente, considerou o Sr. Alexandre Sampaio “PERSONA NON GRATA” da entidade, ato esse que foi homologado nesta data, 25 de maio do corrente, pela unanimidade do Conselho de Representantes da CNTur – Confederação Nacional do Turismo.

 

Conforme se observa em ambas as decisões, o referido senhor, por trair os interesses da Hotelaria, Gastronomia e Turismo no país, uma vez que se presta a ser porta-voz dos interesses do Comércio e da CNC e vem, sobretudo, afrontando as decisões do STF, o que importa em crime de desobediência, que será objeto de ação própria da CNTur a respeito, nos obriga a esta atitude extrema, que deve ser recebido, porém, pelas entidades sindicais e civis, de forma específica, contra a figura da pessoa física denominada Alexandre Sampaio, uma vez que a CNTur – Confederação Nacional do Turismo, continua tendo pela pessoa jurídica FNHRBS, total e profundo respeito, estando, inclusive, de portas abertas para eventual e futura filiação junto à CNTur, quando uma nova Direção vier a assumir o comando da FNHRBS, e deseje respeitar os princípios e as decisões transitadas em julgado que legitimam a CNTur – Confederação Nacional do Turismo como única representante do Turismo Social e Econômico no país, nos termos, inclusive, do art. 180 da Constituição Federal.

 

Deste modo, serve este COMUNICADO DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO para esclarecer as razões da decisão dos órgãos dirigentes da CNTur.

 

O comunicado foi extraído da ata da reunião do Conselho de Representantes da CNTur – Confederação Nacional do Turismo, realizada nesta data na cidade de São Paulo.

 

São Paulo, 25 de maio de 2015.

 

Nelson de Abreu Pinto

Presidente da CNTur – Confederação Nacional do Turismo

 

Estanislau Emilio Bresolin

Presidente da FHORESC – Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do

Estado de Santa Catarina e Presidente do Conselho Superior

 

Michel Tuma Ness

Presidente da FENACTUR – Federação Nacional de Turismo e Membro Nato do Conselho

 

Paulo César Marcondes Pedrosa

Presidente da FHOREMG – Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Minas Gerais

 

Silvio Pessoa

Presidente da FeBHA – Federação Bahiana de Hospedagem e Alimentação

 

Rogério Costa Vieira

Presidente da FENERC – Federação Nacional das Empresas de Refeições Coletivas

 

Arialdo Boscolo

Presidente da FENACLUBES – Federação Nacional dos Clubes Esportivos

Pin it