Conselho Superior da CNTur declara Alexandre Sampaio “PERSONA NON GRATA”, ostracizando-o de suas relações

Assinam o documento os presidentes da Fhoresp, Fenactur e Fhoresc

 

O Conselho Superior da CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE TURISMO, integrado pelas entidades fundadoras FENACTUR – FEDERAÇÃO NACIONAL DE TURISMO, FHORESP – FEDERAÇÃO DE HOTÉIS, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES DO ESTADO DE SÃO PAULO e FHORESC – FEDERAÇÃO DE HOTÉIS, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES DO ESTADO DE SANTA CATARINA, por seus representantes, como estabelecem os Artigos 11 e 12 dos seus Estatutos, reunidos extraordinariamente, nos termos do § 3º do Art. 12 supracitado, na cidade de Cuiabá/MT, no dia 16 de maio do corrente, às 17 horas, em uma das salas do Hotel Fazenda Mato Grosso, examinaram a conduta de Alexandre Sampaio em detrimento dos interesses do turismo e em prol da entidade genérica do comércio em sido notória a sua conduta absolutamente contra as vitórias e os avanços que a CNTur vem conseguindo ao longo dos seus anos de existência, notadamente por ações que relacionamos:

 

  1. Desde a criação da FHORESP, a então FEDERAÇÃO NACIONAL DE HOTEIS, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES, perdeu o direito de atuação no estado de São Paulo, entretanto tem seguidamente tentado cooptar Sindicatos da base da Federação legalmente constituída e não satisfeito em conseguir filiar ilegalmente algum Sindicato ainda inaugurou uma sede naquela cidade. E ultimamente, numa atitude descabida, levou por conta da sua Federação, empresários do setor representados pela FHORESP para um a passeio à Argentina, tudo para afrontar a FHORESP;

 

  1. Idêntica atitude vem cometendo no Estado de Santa Catarina, onde também teve sua base diminuída por ato do Ministério do Trabalho e Emprego e, mesmo assim, tenta cooptar Sindicatos filiados à Federação legalmente constituída, a FHORESC, que detém a base territorial de todo o Estado de Santa Catarina;

 

  1. Em mais uma atitude de desrespeito com as filiadas da CNTur, quando soube da criação da Federação Mineira da categoria foi visitar aquele Estado e implantou uma sede mineira da sua Federação apenas em represália a uma atitude legal da categoria que resolveu se reorganizar e criar sua própria Federação;

 

  1. Da mesma forma não tem respeitado a criação de uma Federação própria da categoria no Estado da Bahia e tenta de todas as formas cooptar Sindicatos para desestabilizar a recém- criada Federação que, como as demais, foi criada dentro das regras legais e com registro no Ministério do Trabalho e Emprego;

 

  1. Usa de publicações na imprensa para denegrir a imagem da CNTur, como o fez na edição on line da HOTELNEWS do dia 11/12/2014, lançando uma nota de repudio contra a CNTur em defesa da entidade que representa o comércio, a qual ele insiste em defender, manchando a imagem do turismo que quer caminhar com suas próprias pernas. Diz naquela publicação; “A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) soltou nesta semana uma nota pública de repúdio às declarações da Confederação Nacional do Turismo (CNTur) a respeito de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

 

  1. Não satisfeito voltou ao mesmo órgão de imprensa, a HOTELNEWS on line, edição do dia 14/05/2015, para publicar matéria com o título “FBHA não será obrigada a filiar-se a nenhuma Confederação, como pretendia a CNTur”, matéria que falta com a verdade, pois a CNTur nunca propôs ação tentando obrigar a filiação de qualquer Federação.

O que se discutiu na ação aludida é que a CNTur já ganhou judicialmente em outra ação o direito de arrecadação e representação da categoria contra a CNC, vitória que deveria contar com a defesa intransigente e, pensamos, comprometida de Alexandre Sampaio, pois é inexplicável que ele prefira defender o uso das contribuições das empresas do setor turístico pela entidade que representa o comércio, sem que nenhuma contrapartida seja oferecida ao setor turístico;

 

  1. Por fim, a CNTur vem trabalhando há mais de quatro meses na formatação do 3º CONGRESSO DE TURISMO, HOSPEDAGEM E GASTRONOMIA DA AMAZÔNIA LEGAL, que ocorrerá na próxima segunda-feira, 18, e, ao chegar aqui, se deparou com a movimentação de Alexandre Sampaio, que organizou de última hora um seminário cujo objetivo seria desmobilizar o comparecimento dos Sindicatos envolvidos com o evento da CNTur.

 

Por todas essas razões e muitas outras atitudes que o mesmo tem tomado, em detrimento da CNTur e em defesa dos interesses do comércio, representados pela Confederação Nacional do Comércio, que por decisão judicial está proibida de se intitular representante do turismo, o CONSELHO SUPERIOR da CNTur – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TURISMO, vem considerar ALEXANDRE SAMPAIO “persona non grata”, ostracizando-o de suas relações.

 

Cuiabá/MT, 16 de maio de 2015.

 

MICHEL TUMA NESS

Presidente da FENACTUR e Membro Nato do Conselho Superior da CNTur

 

NELSON DE ABREU PINTO

Presidente da FHORESP e Membro Nato do Conselho Superior da CNTur

 

ESTANISLAU E.BRESOLIN

Presidente da FHORESC e Presidente do Conselho Superior da CNTur

Pin it