Meios de hospedagem geram 14% do total de postos de trabalho da cadeia turística em SP

Os profissionais que diariamente estão em hotéis, hostels e pousadas desempenhando seus serviços são o terceiro maior contingente dentro do cenário de empresas atreladas a chamada cadeia produtiva do turismo

Em pesquisa sobre o mercado de trabalho gerado pelo turismo na capital paulista, o Observatório do Turismo da cidade de São Paulo apontou que 99 mil postos de trabalho formais no município lidam diretamente com o segmento. Desse montante, 14,7% são trabalhadores que atuam em meios de hospedagem no destino.

Os profissionais que diariamente estão em hotéis, hostels e pousadas desempenhando seus serviços são o terceiro maior contingente dentro do cenário de empresas atreladas a chamada cadeia produtiva do turismo.

Aparecem à frente dos percentuais de alojamento os subsetores de alimentação (44,5%) e transporte aéreo (22,2%).

Completando os índices da lista aparecem empresas dos ramos das agências de viagem (13,1%), de transporte terrestre (3,4%), aluguel de transportes (1,9%) e cultura e lazer + transportes aquáticos (0,3%).

As ACTs (Atividades Características do Turismo), como são conhecidos os postos de trabalho vinculados ao segmento, eram cerca de 70 mil quando foi iniciada a medição, em 2006, e atingiram a marca das 99 mil, em 2012.

(Com informações do Hôtelier News)

Pin it