Ocupação de hotéis tem queda em fevereiro na Grande Florianópolis

Para o presidente do SHRBS, Tarcísio Schmitt, a realização do Carnaval ainda no segundo mês do ano contribuiu para mais movimento durante a festa. Porém, como em 2014 a folia ocorreu em março, a temporada foi mais longa, fazendo com que os turistas ficassem mais tempo

A taxa de ocupação de hotéis da Grande Florianópolis caiu 4,2% em fevereiro em comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados foram divulgados pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Florianópolis (SHRBS).

Foi registrado um único aumento, de 2,1% em relação a 2014, no Carnaval. Porém, considerando todo o mês de fevereiro, foi registrada queda em hotéis dos segmentos praias, Centro e Continente.

Para o presidente do SHRBS, Tarcísio Schmitt, a realização do Carnaval ainda no segundo mês do ano contribuiu para mais movimento durante a festa. Porém, como em 2014 a folia ocorreu em março, a temporada foi mais longa, fazendo com que os turistas ficassem mais tempo.

“Além disso, este ano tivemos muitas chuvas e a retração econômica, que tem de ser considerada”, complementou.

Entre as regiões pesquisadas, apenas as termas tiveram variação positiva, com a taxa de ocupação subindo de 26,9% em 2014 para 45% em 2015. “É um número expressivo, porém pouco representativo no contexto geral devido à disparidade no número de unidades de hospedagem em relação ao restante das áreas”, afirma Schmitt.

As praias registraram no mês queda de 4,3%, enquanto no Centro e no Continente a retração foi de 7,2% e 5,9%, respectivamente.

 

Pin it