Litoral norte de SP deve receber 2,5 milhões para festas

A procura por hotéis e pousadas para o Natal e Reveillon já atinge 85% de ocupação em Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, segundo o SinHoRes do litoral norte.

Antes mesmo do início da temporada de verão – que na prática começa dia 26 -, turistas já vivenciam problemas comuns no litoral nesta época, como filas, preços altos e falta de produtos em padarias e supermercados. A procura por hotéis e pousadas para o Natal e Reveillon já atinge 85% de ocupação em Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, segundo o Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SinHoRes) do litoral norte.

De acordo com o secretário executivo da entidade, José Carlos de Souza, a alta procura é resultado do número reduzido de feriados prolongados no segundo semestre. Cálculos do SinHoRes apontam que ao menos 2,5 milhões de turistas deverão passar o fim do ano na região. “Até o carnaval, serão 4,5 milhões de visitantes”, diz Souza.

Os turistas anteciparam a procura neste ano. Em novembro, 70% das vagas em hotéis e pousadas já estavam reservadas. O número saltou para 85% em dezembro e deve atingir a lotação máxima. A rede hoteleira das quatro cidades, que tem cerca de 800 estabelecimentos formais, oferece 58 mil leitos.

Abastecimento

A maior preocupação dos moradores da região é que a chegada dos turistas possa resultar em falta d’água. Visitantes de outras cidades que têm casas e frequentam o litoral norte nos fins de semana costumam trazer roupas sujas para serem lavadas na região que ainda não sofre as consequências da estiagem que atinge a maior parte do Estado.

A Sabesp explica que as quatro cidades do litoral norte são abastecidas por mananciais. Os pontos de captação estão localizados na Serra do Mar, em cotas elevadas, com pequenas barragens. Segundo a companhia, chove constantemente na Serra do Mar. “O nível de abastecimento não caiu se comparado com o ano passado, mantendo-se estável”, afirmou a Sabesp, em nota.

A empresa diz que investimentos realizados na região são contínuos e permitiram que, pelo quarto ano consecutivo, não fossem registrados problemas significativos no fornecimento de água aos moradores e turistas. Entre as medidas preventivas que a companhia executa no litoral norte estão “a manutenção e substituição de ramais de água, aquisição de equipamentos de bombeamento e instalação de reservatórios e estações de tratamento”.

(Com informações do jornal O Estado de S. Paulo)


A entidade que quitar antecipadamente o seu débito parcelado, terá desconto a ser calculado sobre o respectivo saldo devedor, favorecendo a sustentabilidade financeira dos clubes.

Pin it