Fenaclubes mobiliza presidentes e dirigentes de clubes em prol do Proforte

O Programa de Fortalecimento dos Esportes Olímpicos – Proforte – entra na pauta na ultima semana de trabalho dos deputados federais em 2015.

O Programa de Fortalecimento dos Esportes Olímpicos – Proforte – entra na pauta na ultima semana de trabalho dos deputados federais em 2015, que votam o projeto no dia 10 de dezembro. Segundo o presidente da Federação Nacional de Clubes, Arialdo Boscolo, é uma chance única para que os presidentes de clubes, seus dirigentes e membros do Conselho Interclubes se dirijam à Brasília para defender os interesses do setor, já que o Proforte (também conhecido como Lei de Responsabilidade Fiscal dos Clubes) vai permitir que clubes com débitos pendentes acertem sua situação em parcelas divididas em até 240 meses.

Com isso, os clubes poderão ter acesso aos recursos oriundos da Nova lei Pelé para a formação de atletas olímpicos e paraolímpicos, permitindo o pagamento aos atletas de base para o custeio de suas despesas e de suas respectivas comissões técnicas.

Arialdo Boscolo está em Brasília desde o dia 09, liderando a mobilização para que o projeto seja aprovado na quarta (10), convidando os demais colegas do setor a se juntarem na jornada. Para os que não puderem estar presentes na Câmara, Arialdo pediu que entrassem em contato com os deputados federais dos seus Estados afim de formar um esforço concentrado em torno do assunto.

O objetivo do Proforte é ajudar a fomentar a prática e o desenvolvimento dos esportes olímpicos no País, estabelecendo condições para que as entidades atuem na formação de atletas olímpicos, visando, especialmente, a recuperação dos créditos tributários da União.

A entidade que quitar antecipadamente o seu débito parcelado, terá desconto a ser calculado sobre o respectivo saldo devedor, favorecendo a sustentabilidade financeira dos clubes.

Pin it