Ministério do Trabalho concede Registro Sindical à FeBHA

A Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação oficializa sua representação junto à CNTur na defesa dos interesses de todo o Trade Turístico

NO Ministério do Trabalho concedeu à Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA) o seu registro sindical. A FeBHA será a responsável pela representação das entidades nas categorias econômicas ligadas à hotéis, aparthotéis, bares, restaurantes, resorts, hotéis fazendas, pousadas, pensões, cafeterias, motéis, casas de chá, casa de repouso, casas de festas, albergues, lanchonetes, buffets, hospedarias, sorveterias, boates, campings, hospedarias, churrascarias, pizzarias, cantinas, fast-foods, casas de lazer e casas de diversões.

Assinada por André Roberto Menegotto, Chefe de Gabinete do Ministro do Trabalho e Emprego, a Portaria já foi publicada no Diário Oficial da União do dia 27 de outubro, em suas páginas 68 e 69, e, “com esta autorização, a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação oficializa sua representação junto à CNTur (Confederação Nacional de Turismo) na defesa dos interesses de todo o Trade Turístico”, afirma o presidente da FeBHA, Sílvio Pessoa.
O presidente da CNTur, Nelson de Abreu Pinto, acrescenta que “essa sétima Federação filiada é o propósito da entidade : união, consolidação e fortalecimento do setor”.

Na Bahia, o turismo e a área de bares e restaurantes respondem pela geração de 500 mil empregos e a movimentação anual de R$ 8 bilhões, o que corresponde a 5,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.
A entidade foi criada durante uma Assembleia Geral Ordinária em setembro de 2011 e tem como motivação dar voz aos profissionais que atuam no segmento turístico da região.

São filiados à Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação os Sindicatos de Itaparica e Vera Cruz, Litoral Sul da Bahia, Extremo Sul da Bahia, Mata de São João, Salvador e Litoral Norte, além de Vitória da Conquista.

Em agosto, a Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Minas Gerais (FHOREMG) também teve seu reconhecimento sindical pelo Ministério do Trabalho, consagrando uma luta de vários anos do seu presidente Paulo César Marcondes Pedrosa, com o apoio da CNTur.

Pin it