Conhecendo a ANEPE – Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva



1) O que é a ANEPE ?


A ANEPE – Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva é uma organização sem fins lucrativos, constituída em 2005 com o objetivo estimular a prática da pesca amadora esportiva no Brasil, principalmente na modalidade pesque-e-solte, planejando e executando ações voltadas ao fomento dessa atividade e do respectivo segmento econômico, ao desenvolvimento sócio econômico sustentável e à proteção ambiental.

A ANEPE está representada em quase todo o território nacional, possuindo Coordenadorias Regionais com a função de representa-la e zelar pelos seus interesses e de seus associados. Além disso, instituiu Comitês de Trabalho vinculados a projetos específicos, tais como Comitê da Pesca Amadora, Comitê dos Pescadores Amadores, Comitê do Turismo da Pesca, Comitê do Meio Ambiente, Comitê de Responsabilidade Social, Comitê de Estudos e Pesquisas, compostos por associados e não-associados.


2) Quais os desafios que a ANEPE vem tendo com o trabalho de conscientização?

Um dos grandes desafios da ANEPE tem sido o de desenvolver e executar atividades de informação e formação da consciência ambiental de comunidades em geral, visando a solução de problemas ambientais recorrentes. Uma das grandes dificuldades desse processo é a quebra de conceitos pré-concebidos e hábitos culturalmente inerentes em determinadas comunidades.

Aliado a isso, há ainda falta de políticas públicas direcionadas à conscientização sobre os benefícios do pesque-e-solte e estímulo da aquicultura.


3) E quantos praticantes da pesca esportiva existe no Brasil e quais são as principais regiões e espécie pescada esportivamente?


São 410.000 de acordo com os dados do registro de licença dos pescadores amadores do MPA. Mas estudo de mercado realizado pelo Instituto IPSOS indica que a estimativa é de aproximadamente 8 (oito) milhões de brasileiros pescadores.
Todas as regiões brasileiras oferecem condições para a pesca esportiva, dentre elas, especialmente, o Amazonas, Goiás, Roraima, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

No Brasil, há abundância inigualável de espécimes para a pesca esportiva, podendo ser citados*: Tucunaré, Robalo, Dourado, Black Bass, Cachorra, Matrinxã, Bicuda, Pintado, Cachara, Piraíba, Pirarara, dentre inúmeras outras.

*Nomes populares

Pin it