Pesquisa mostra perfil do torcedor da Copa do Mundo em São Paulo e avaliação da cidade

Homem, entre 25 e 39 anos, com superior completo. Esse é o perfil médio do torcedor da Copa do Mundo que já passou por São Paulo. Os dados são da prévia da “Pesquisa de Demanda e Perfil do Torcedor da Copa do Mundo em São Paulo”, que está sendo realizada até o fim do mundial com paulistanos e turistas pelo Observatório do Turismo, núcleo de estudos e pesquisas da São Paulo Turismo (SPTuris), empresa municipal de turismo e eventos vinculada à Secretaria Especial para Assuntos de Turismo da Prefeitura de São Paulo.

Com 849 questionários aplicados entre os dias 12 e 18 de junho em vários locais da capital paulista, o levantamento mostra que, até o momento, o impacto da Copa do Mundo tem sido positivo para São Paulo. Em geral, a avaliação das pessoas sobre a cidade tem sido muito boa e, entre os principais diferenciais da capital, os entrevistados destacaram a gastronomia, a vida noturna, a cultura e as compras, além da hospitalidade do paulistano. Na nota geral dada à Copa do Mundo em São Paulo, a grande maioria (81,4%) avaliou com notas positivas.

Quando perguntados onde assistirão aos jogos da Copa do Mundo em São Paulo, as principais respostas foram “minha residência”, Arena Corinthians e Bar/Restaurante, com destaque para a região da Vila Madalena. Casa de amigos ou parentes e FIFA Fan Fest também foram locais bastante citados.

Entre os turistas estrangeiros, até o momento se destacaram países de origem como Estados Unidos, Croácia e Colômbia, entre várias outras nacionalidades. Já entre os turistas de outros Estados, os visitantes do Rio de Janeiro foram os mais encontrados. Em média, os turistas estão permanecendo na cidade 4,4 dias e gastam, neste período, cerca R$ 1,8 mil. No total, São Paulo espera receber mais de 390 mil visitantes e movimentar mais de R$ 700 milhões somente com o turismo gerado pela Copa.

O secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, comenta a importância da pesquisa. “Temos visto a cidade em festa, cheia de turistas. Isso é muito bom. São Paulo ganha em geração de emprego e renda e se torna cada vez mais conhecida no mundo, atraindo mais visitantes. Com a pesquisa estamos quantificando e qualificando o impacto da Copa para São Paulo”, diz. “Agora estamos nos concentrando em medidas para melhorar ainda mais a estrutura disponível para todos, moradores e turistas. E estas pesquisas estão nos ajudando muito a identificar onde melhorar”, explica Poit.

No total, os pesquisadores vão aplicar cerca de sete mil questionários até o dia 13 de julho. A próxima prévia da pesquisa sairá na quarta-feira, dia 25.

“Além dessa grande pesquisa, estamos realizando levantamentos periódicos por meio da Sala de Monitoramento do Turismo da SPTuris, que apura diariamente a movimentação de turistas na cidade. É uma iniciativa pioneira e extremamente estratégica para nós durante a Copa”, afirma o secretário municipal. Os relatórios da Sala de Monitoramento estão disponíveis em www.observatoriodoturismo.com.br.

Fonte: SPTuris

Pin it